Em sessão solene, Hildo Rocha destaca importância de Brasília para a integração nacional

Publicado em: 5 de setembro de 2018

O deputado federal Hildo Rocha, um dos poucos parlamentares da bancada maranhense que consegue conciliar as ações parlamentares com as atividades de campanha pela reeleição, participou nesta terça-feira (03) de sessão solene em homenagem aos 96 anos de instalação da pedra fundamental que simboliza o início da construção de Brasília.

Parlamentares e participantes da sessão aproveitaram a comemoração para fazer duas reivindicações: que a Pedra Fundamental seja considerada Patrimônio Histórico Nacional e que o local onde está o monumento seja transformado em um museu ecológico, a céu aberto, que também incorpore a preservação do Cerrado.

O projeto de interiorização da capital do Brasil vem de antes da Independência do País, mas só começou a tomar forma em 1892, quando o Congresso aprovou a criação de uma Expedição Exploradora do Planalto Central. Ela ficou conhecida como Missão Cruls, porque o líder era o engenheiro belga Luis Cruls, diretor do Observatório Astronômico do Rio de Janeiro. Trinta anos depois, justamente no dia da comemoração do centenário da Independência, 7 de setembro de 1922, foi instalada a pedra fundamental da futura capital.

“Poucos brasileiros sabem que em sete de setembro, além de comemorarmos a proclamação da independência do Brasil, festeja-se também marco importante da consolidação de Brasília que foi o lançamento da pedra fundamental”, disse o parlamentar.

A pedra fundamental fica a 10 quilômetros de Planaltina, cidade fundada em 1859 e que, posteriormente, foi incorporada ao Distrito Federal. O marco físico da futura capital do Brasil que foi colocado entre os paralelos 15 e 20, considerado o ponto central do país, foi oficializado por meio de projeto de lei do deputado federal maranhense Rodrigues Machado.

Integração nacional

Hildo Rocha disse que Brasília inaugurou um novo e importante momento do país: a integração nacional. “A construção de Brasília teve impacto muito importante na integração das diversas regiões do Brasil e propiciou o desenvolvimento e o crescimento de várias cidades  que, até então, estavam isoladas dos grandes centros urbanos do país, destacou o deputado.

Simbologia

Rocha destacou que para celebrar o centenário da independência, em sete de setembro de 1922, ao meio dia, o presidente Epitácio Pessoa, fez assentar a pedra fundamental da futura capital do país. “Brasília venceu o desafio que foi posto em sua criação e construção que foi a da modernização brasileira”, disse o deputado.

O parlamentar disse que Brasília consolidou definitivamente a sua função como capital tornando-se o centro verdadeiro da vida da nação brasileira. “Minhas homenagens aos homens e mulheres que batalharam por essa causa e aos brasileiros que no próximo dia sete celebram os 96 anos do lançamento da pedra fundamental da construção dessa cidade tão bela reconhecida como um dos mais importantes projetos urbanísticos e arquitetônicos da história mundial”, declarou Hildo Rocha.

 

Voltar