Multimídia
HOME »
15 de setembro

Luta vitoriosa: ministro acata reivindicação de Hildo Rocha e confirma implantação de CIE em Açailândia

Uma antiga reivindicação do deputado federal Hildo Rocha, junto ao Ministério do Esporte, finalmente foi atendida. Durante audiência, o ministro Leonardo Picciani confirmou a liberação de recursos para a implantação do Centro de Iniciação ao Esporte de Açailândia (CIE). O pleito foi originado a partir de demanda apresentada pelo secretário de esporte Glen Soares; pelo presidente da Câmara municipal, vereador Ceará e alguns integrantes do parlamento municipal, que solicitaram ajuda de Hildo Rocha.

“Agradeço o ministro Leonardo Picciani pela atenção e pelo compromisso cumprido. Ele tinha dito que até setembro deste ano resolveria o problema do centro de Centro de Iniciação ao Esporte de Açailândia e assim foi feito. O ministro confirmou a liberação dos recursos necessários e em poucos dias será iniciada a construção desse equipamento esportivo na cidade de Açailândia”, destacou Hildo Rocha.

 

Dificuldades resolvidas

O deputado ressaltou em outras oportunidades participou de reuniões com o ministro, juntamente com o secretário de esporte; com os vereadores Ceará (presidente da Câmara Municipal); César Costa; Evandro Gomes; Fânio Mania; Heliomar Laurindo; irmão Jorge e Joilson Cardoso. O deputado estadual Léo Cunha também teve participação na conquista do empreendimento.

 

“Existiam enormes dificuldades que foram resolvidas pelo secretário Glen Soares. É um projeto antigo há muito tempo esperado pela população. O prefeito Juscelino também tratou desse assunto comigo e agora temos a satisfação de anunciar que o ministro Leonardo Picciani autorizou a liberação dos recursos para que seja construído o CIE de Açailândia”, frisou Hildo Rocha.

 

O deputado destacou ainda a liberação de recursos para obras que já estão em andamento nos municípios de Estreito, Campestre e outras localidades.

 

Categorias
CONECTE-SE
CADASTRE-SE

Cadastre-se e receba novidades do Hildo Rocha!

CONTATO

captcha