Multimídia
HOME »
11 de outubro

Seis quilômetros de incompetência, uma légua de má vontade…

 

Crítico ferrenho de Flávio Dino, o deputado federal Hildo Rocha fez nova revelação incômoda para o governador. Por meio de vídeo, o parlamentar documentou mais um caso emblemático de inoperância do governo comunista. De acordo com Rocha, a ligação asfáltica entre Luzilândia, no Piauí e o município de São Bernardo, no Maranhão, ainda não foi concluída por falta de vontade do Governador Flávio Dino.

 

“O projeto foi feito ainda durante o governo de Roseana Sarney. Os recursos foram assegurados por meio de empréstimo contraído junto ao BNDES. A ponte foi construída pela Codevasf. A parte do Piauí está asfaltada. Mas, já se passaram praticamente dois anos de governo o Flávio Dino não implantou os seis quilômetros que completariam essa importante ligação asfáltica entre os dois estados”, argumentou Rocha.

 

Desapropriações

 

De acordo com o parlamentar, as casas que estão localizadas no eixo da rodovia foram desapropriadas pela governadora Roseana Sarney. “Tem o dinheiro, tem o projeto e as casas já foram desapropriadas. Falta apenas a boa vontade do governador. Flávio Dino está no poder há quase dois anos e não consegue implantar apenas seis quilômetros de pavimentação para fazer outra ligação asfáltica entre o Piauí”, criticou Rocha.

 

Benefícios regionais

O deputado enfatizou que a obra diminuirá o percurso entre Luzilândia (PI) e a MA-110, rodovia que liga São Bernardo a Magalhães de Almeida. Atualmente, para se chegar à ponte utiliza-se uma estrada de terra mais longa e precária.

“A conclusão de mais uma via de acesso, de mais uma ligação entre o Maranhão e o Piauí, beneficiaria toda a região do baixo Parnaíba: São Bernardo; Magalhães de Almeida; Santa Quitéria; Brejo e outras cidades maranhenses”, destacou Rocha.

Assista ao vídeo

 

Categorias
CONECTE-SE
CADASTRE-SE

Cadastre-se e receba novidades do Hildo Rocha!

CONTATO

captcha