Multimídia
HOME »
03 de agosto

Flávio Dino ressuscitou o vitorinismo

Em pronunciamento na tribuna da Câmara Federal, o deputado Hildo Rocha (PMDB/MA) disse que o governador Flávio Dino trouxe de volta à política maranhense os métodos praticados por Vitorino Freire, que foi senador pelo Maranhão e líder político estadual que por vários anos comandou um grupo que utilizava métodos truculentos para eleger seus correligionários.

Segundo Rocha os políticos que não “rezavam na cartilha” de Vitorino eram perseguidos, presos, massacrados e humilhados. “Esse período da história política do Maranhão ficou conhecido como vitorinismo. Dino, com o seu governo, traz de volta aquelas práticas arcaicas do passado, que já foram condenadas pelo povo maranhense”, destacou o deputado.

Prisão com objetivo politico

Hildo Rocha disse que a prisão do prefeito de Paulo Ramos, Dr. Tancledo Araujo foi realizada para atender o projeto político de um membro do governo “dinista”. Segundo o parlamentar, o prefeito foi preso apenas para atender aos interesses do Secretário de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry. “No município de Paulo Ramos existe um cidadão chamado Deusimar, que é candidato a prefeito. Deusimar fez o compromisso de apoiar o comunista Márcio Jerry para deputado federal nas próximas eleições. Para ganhar as eleições da candidata apoiada por Dr. Tancledo, que está disparada na preferência popular, Deusimar e o Marcio Jerry utilizaram a prisão como forma de desestabilizar a candidatura de Renata Martins”, afirmou o deputado.

Prefeito bem avaliado

Hildo Rocha enfatizou que Dr. Tancledo é um gestor bem avaliado na sua cidade e toda a região, um homem correto, um excelente medico, um bom pai de família, um homem muito religioso, que foi vítima da ditadura que Flávio Dino quer implantar no Maranhão. “Mas graças à Justiça do Maranhão, foi reposta a verdade”, completou o deputado.

 

Categorias
CONECTE-SE
CADASTRE-SE

Cadastre-se e receba novidades do Hildo Rocha!

CONTATO

captcha